Não siga o líder

A confusão na Câmara dos deputados também resultou na destituição do líder do PMDB, Eduardo Pisciani, representando outra derrota para o governo Dilma Roussef, já que ele representava os interesses do Palácio do Planalto.

De qualquer maneira, o Supremo Tribunal Federal suspendeu o prosseguimento do processo de impechment, cujos procedimentos serão julgados quarta-feira (16) pelo plenário do STF.

Houve confusão também na sessão da Comissão de Ética, que julga pedido de cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha. O relator foi substituído pelo presidente dessa Comissão e marcada nova reunião.

Autor: Opinião

Compartilhe este artigo